4ª Revolução Industrial

POSTADO POR mhconsult 20, janeiro, 2019
Mercado

“A Quarta Revolução Industrial mudará não somente o que fazemos, mas também quem somos. Afetará nossa identidade e todos

os temas associados: senso de privacidade, noções de ownership, padrões de consumo, o tempo dedicado ao trabalho e ao lazer, como

desenvolvemos nossas carreiras, cultivamos habilidades, nos encontramos como pessoas e semeamos relações. ”

Klaus Schwab, fundador e presidente do Fórum Econômico Mundial, reunido em janeiro em Davos, na Suíça, deu grande

ênfase para as perspectivas e impactos da Quarta Revolução Industrial (simplificadamente, a Internet das Coisas), que

sucede a revolução digital. Como revolução, afetará todos os setores da sociedade, não sendo vista apenas como mais um

avanço tecnológico. As mudanças em curso são radicais.

 

No trecho acima, alerta para a emergência de novas atitudes e comportamentos que as pessoas terão que adotar em seu dia a

dia, sem considerar o que é virtude ou vício.

 

As informações advindas do big data, por exemplo, já estão gerando discussões sobre o que é invasivo à privacidade e o que

é público. De uma forma ou de outra, abrem inúmeras possibilidades de decisões sobre pessoas até então inimagináveis. No

domínio do trabalho, sabe-se que haverá aumento de desemprego, de um lado, e novos empregos de outro, embora se

desconheça para onde a balança penderá e o que fazer com o saldo dessa conta.

As mudanças que envolvem pessoas são mais lentas culturalmente.

 

A novidade é que não se processam mais em sequência de gerações, mas dentro delas. Aderir ou assumir a obsolescência,

não há mais meio-termo.

TAGS
Linkedin Facebook Twitter Instagram WhatsApp E-mail

Postado por mhconsult

mhconsult. Impulsionamos os negócios das empresas a partir da transformação das pessoas. Desenvolvemos gente para negócios. Essa é a nossa paixão.

POSTE UM COMENTÁRIO

Nenhum Comentário